Notícias

Uma nova perspectiva sobre o envolvimento dos funcionários

11/02/2019   Fonte: E-Commerce News


Há algum tempo vemos escassez de mão-de-obra nos centros de distribuição. Uma economia saudável e um boom na construção de armazéns levaram a mais vagas de emprego, menos candidatos, com menos experiência e mais rotatividade. Como resultado, o equilíbrio de poder mudou do empregador para o empregado.

Ao mesmo tempo, a maioria das abordagens de gerenciamento de mão-de-obra não evoluiu para se alinhar à nova geração de trabalhadores – especialmente à geração do milênio – ou à alavancagem que eles agora possuem. Para realmente prosperar como uma operação, as empresas precisam ter a capacidade de envolver os funcionários transformando dados de gerenciamento de trabalho em jogos, painéis e programas de reconhecimento que motivam os funcionários e os ajudam a ver o impacto que eles causam. Capacitar trabalhadores resulta em um cenário ganha-ganha para empregadores e empregados.

- O QUE É O ENVOLVIMENTO DOS FUNCIONÁRIOS?

O envolvimento dos funcionários vai além da instrução e do treinamento dos mesmos para motivá-los e recompensá-los. Nossos funcionários precisam se sentir respeitados, sentir que fazem parte de uma equipe e que suas ideias e contribuições são importantes. Algumas métricas de engajamento dos funcionários incluem: reconhecimento, feedback, felicidade, crescimento pessoal, satisfação, bem- estar, relacionamento com os gerentes, relacionamento com os colegas de trabalho e alinhamento com a empresa.

Cultivar esses atributos requer mais do que simplesmente revisar os dados brutos de desempenho e encontrar os de baixo rendimento. É preciso uma nova abordagem.

- DAR MAIS INFORMAÇÕES AOS EMPREGADOS

Hoje, operações bem-sucedidas encontram maneiras de incentivar seus funcionários a contribuir para o sucesso organizacional e ir além dos benchmarks.

Começa dando aos funcionários mais visibilidade do seu desempenho. Algumas soluções de tecnologia, como as da Manhattan Associates, podem enviar e-mails periódicos (diários ou semanais) para os funcionários com dados sobre seu desempenho, em que posição eles se classificam dentro da organização e seu desempenho ao longo do tempo. Esse tipo de feedback é semelhante aos aplicativos de consumo para exercícios ou outras atividades. E é um primeiro passo eficaz para facilitar que os funcionários obtenham feedback que possa impulsionar maior motivação e engajamento.

- OS BENEFÍCIOS DA GAMIFICAÇÃO

Outra área promissora do engajamento dos funcionários é a gamificação em aplicativos de tecnologia. Exemplos de como isso é consumido incluem aplicativos de jogos para smartphones e rastreadores de gerenciamento de peso. A cada conquista, os usuários recebem reforço positivo por meio de prêmios como crachás digitais e medalhas, entre outros.

O software de engajamento de funcionários moderno mais bem-sucedido é projetado da mesma forma. À medida que os trabalhadores se saem melhor, obtêm um reconhecimento pelo seu esforço através de recompensas. As recompensas podem ser uma classificação no aplicativo ou podem ser

vinculadas a itens tangíveis como bônus, cartões-presente, folgas remuneradas ou vagas reservadas em estacionamento.

Com o tempo, os funcionários se tornam auto motivados. Em vez de fazer o mínimo de trabalho necessário para evitar uma consequência negativa, a gamificação os atrai para atingir metas mais altas.

- FAZENDO SUA FORÇA DE TRABALHO QUERER TRABALHAR

A chave para maximizar sua força de trabalho tem que ir além da medição da produtividade. Hoje, as operações de classe mundial estão se concentrando em programas de engajamento de funcionários que dão aos trabalhadores uma sensação de realização e empoderamento, de modo que eles são estimulados ao aumento de desempenho.

Isso não só poupa os supervisores de passarem tempo treinando pessoas com baixo desempenho, mas também resulta em uma melhor cultura e uma força de trabalho de armazém mais forte. À medida que o desempenho aumenta, também aumenta a satisfação e a retenção dos funcionários.



Outras notícias